https://www.poetris.com/
 
Textos -> Humor : 

COM ELA A DAR A DAR

 
Tags:  POUCA VERGONHA  
 
-Olha para este!? O que é que queres? Vens para aqui todo nu e com ela a dar a dar.
Ele, olhava para ela com olhos de grande apetite, é que ela é na verdade muito linda.
-Vai-te embora, dizia ela, tu não me agradas, és feio, magrizelas, nem sem o que pareces...!Não tens vergonha de estares aqui de frente para mim com ela a dar a dar. Só fazes vento, mais nada.

Ele continuava a admirar aquela beleza e pensava lá com os seus botões. Ela está na provocação mas eu sei que quem desdenha quer comprar, mas eu não lha vendo, não a posso vender.

Visto que não passava de conversa, ela decidiu virar as costas e nesse momento ele deu-lhe com ela nas pernas.

Ela virou-se e disse:
-Ouve lá ó meu desenvergonhado, de onde é que tu me conheces para me provocares desta maneira? Vai, vai, segue o teu caminho senão ainda te mordo.

Dito isto, a cadelinha foi-se embora deixando o cão a continuar em admiração e a dar a dar com
a.... cauda.

A. da fonseca


SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
501
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.