https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Na calada da noite

 
Tags:  vida    saudade    morte    sonhos    noite    avisos  
 

NA CALADA DA NOITE


Esgueiro-me na noite, calada.
Meus olhos voltados para o céu
Trago em mim a morte atrelada
Nem me deixa saborear o que ainda é meu.
Neste Outono da minha ternura
Meu silêncio vem envenenar
O sono desperta e a noite é escura.
E eu apenas quero a Vida amar!

Já a saudade me roía
Eu a querer ir sempre mais além
Mas com estas velhas asas como podia?!
Sentei-me na noite como quem espera alguém.

Assim parados ficam meus anseios
O que se agita, se ouve, apenas o vento
Passam por mim devaneios
Num emaranhado enternecimento,
onde crescem flores e nascem sorrisos,
e aparecem novos sonhos sem avisos.

Nesta noite, perfume as rosas me dão
Já nem necessito olhar as estrelas
Arranjei modo de entender meu coração
Fantasias, loucuras, deixo-me a tecê-las.


rosafogoOpen in new window



Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2347
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
44 pontos
28
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jluis
Publicado: 13/05/2010 19:12  Atualizado: 13/05/2010 19:12
Colaborador
Usuário desde: 18/12/2009
Localidade:
Mensagens: 1532
 Re: Na calada da noite
Gostei, uma vez mais, de a ler, poetisa. Muito!
Beijinho
JL


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/05/2010 19:19  Atualizado: 13/05/2010 19:19
 Re: Na calada da noite
Rosa,como sempre é lindo poder saborear tuas palavras...na melancolia deixa a tua alma falar lindamente...

Parabéns,amei!

Beijinhos ternos...

Anjo


Enviado por Tópico
mariagomes
Publicado: 13/05/2010 20:00  Atualizado: 13/05/2010 20:00
Colaborador
Usuário desde: 18/04/2010
Localidade:
Mensagens: 1614
 Re: Na calada da noite
Olá amiga Rosa, nunca é demais dizer que fazes poesia lindissima, gosto de a ler, seja na calada da noite, ou ao amanhecer, é sempre em boa hora.
beijinho
mariagomes


Enviado por Tópico
shirley
Publicado: 13/05/2010 20:01  Atualizado: 13/05/2010 20:01
Da casa!
Usuário desde: 22/06/2008
Localidade:
Mensagens: 351
 Re: Na calada da noite
Poema intenso, Rosa, mas incrivelmente belo.

"Mas com estas velhas asas como podia?!
Sentei-me na noite como quem espera alguém"

PERFEITO

Beijos


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 13/05/2010 20:41  Atualizado: 13/05/2010 20:41
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Na calada da noite
Saudades e imaginação em mais um expressivo poema, Rosa.
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
Runa
Publicado: 13/05/2010 20:54  Atualizado: 13/05/2010 20:54
Colaborador
Usuário desde: 24/04/2010
Localidade: Santo Antonio Cavaleiros
Mensagens: 1177
 Re: Na calada da noite
Velhas asas, mas um grande talento para voar... entre versos e parábolas. 5* (como sempre).

1 Grande Beijo


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 13/05/2010 21:02  Atualizado: 13/05/2010 21:02
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Na calada da noite p/Rosa
E que se teçam mais palavras como estas, que nos embalam e nos fazem reflectir.

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 13/05/2010 21:45  Atualizado: 13/05/2010 21:45
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3389
 Re: Na calada da noite
Olá Rosa,

Tecer sonhos faz bem à alma, quando a solidão e a saudade marca o nosso coração, é nos devaneios que
o coração palpita e canta poemas magnifícos como este que fez, brilhante a tua forma de escrever!

Um beijinho na alma

Fhatima


Enviado por Tópico
OlemaCorreia
Publicado: 13/05/2010 22:23  Atualizado: 13/05/2010 22:23
Da casa!
Usuário desde: 14/03/2009
Localidade:
Mensagens: 278
 Re: Na calada da noite
Rosa
Deixa que o nosso comentário seja este pequeno poema, que com o maior apreço te dedicamos


Rosafogo deixa que te cante
E te coloque em justo pedestal
Segue a tua rota sempre avante
Jorrar teus versos em manancial

Ler-te será sempre um privilégio
Honra que não cabe a qualquer
Escutar teus versos sortilégio
Clamando voz divina de mulher

Que o teu verbo nunca perca o vigor
Fiel aos cânones da tradição
Seres poeta é ostentares bela flor
Livre curso dando à tua inspiração

Olema /Antonius


Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 13/05/2010 22:27  Atualizado: 13/05/2010 22:27
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2058
 Re: Na calada da noite
Como sabe bem ler estes poemas, deixam-me saciado .
Apenas vou levar o resto a amiga já sabe de cor....

Beijinhos

Beija-flor


Enviado por Tópico
Akhenaton/Elias
Publicado: 13/05/2010 22:45  Atualizado: 13/05/2010 22:45
Colaborador
Usuário desde: 31/12/2009
Localidade: Porto Velho - Rondonia - Brasil
Mensagens: 1149
 Re: Na calada da noite
Querida poetisa!

Adorei ler-te nesse maravilhoso poema, lindos versos em rimas perfeitas, aliás todas tuas obras são verdadeiras inspirações e enlevos pra Alma.

Felicitações!

Abraços fraternos!!!


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 13/05/2010 23:14  Atualizado: 13/05/2010 23:14
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Na calada da noite
Minha amiga, calada na noite fiquei eu
depois de te ler.
A tua poesia é sempre um primor, mas esta
caiu bem fundo, dentro de mim. Linda! Linda!
Beijinhos mana
Antonieta


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 16/05/2010 02:31  Atualizado: 16/05/2010 02:31
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Na calada da noite
Querida Poetisa Rosa!
É bom de vez em quando tecer umas fantasias e umas loucuras no coração.É jeito bom de levar a vida.
Lindos como sempre teus versos.
Bjinhos
♫Carol


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/05/2010 20:10  Atualizado: 16/05/2010 20:10
 Re: Na calada da noite
Essas velhas asas vão tão longe...Vejo-as indo inalcansáveis, pois mesmo que paradas a apreciar a noite são capazes desse vôo que nos fascina.