https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Hoje, mesmo hoje!

 
<a onblur="try {parent.deselectBloggerImageGracefully();} catch(e) {}" href="http://3.bp.blogspot.com/_lFN-iFRKwS8 ... der0.jpg"><img style="margin: 0pt 10px 10px 0pt; float: left; cursor: pointer; width: 400px; height: 267px;" src="http://3.bp.blogspot.com/_lFN-iFRKwS8 ... bQ/s400/colder0.jpg" alt="" id="BLOGGER_PHOTO_ID_5478265020919599010" border="0" /></a>













Hoje
mesmo hoje,
para além da verdade
para além do que vives
...e vês!
acordas o idílico dia do teu sonho
onde vives...enclausurada!
circundada pela esperança
de teres o que não sou
pelo toque que sentes
pelo que te dou...
( <span style="font-style: italic;">corroído pela falsidade que vomito</span>)

Hoje
mesmo hoje...
sorris, crês, sentes...
ao veres asas brancas neste corpo escondido
impregnado do escarlate mais puro
na flamejante vontade camuflada
(<span style="font-style: italic;">acordado no malicioso querer terreno</span>)
onde o frio me aquece as mãos
as mãos que te tocam
que te amaciam os sonhos
que te fazem viver!
(<span style="font-style: italic;">sobrevivendo nas imagens paradas dos tempos</span>)

Hoje
mesmo hoje...
onde a justiça te escapa
se perfaz em cinzas
em pequenas sombras
chagas, irrealidades
onde a verdade do tempo
se esfuma, desaparece
( <span style="font-style: italic;">escapando-se pelos teus dedos</span>)
como sombras vivas
aquelas que sem saberes
sem sentires
e veres
vão-te acompanhando no caminho
aquele que percorres na tua vida!

Hoje
mesmo hoje
Já não sou o que era!
Fui aquilo que já não sou!


... talvez um dia aprenda a obedecer ....Alma


"Quanto maior a armadura, mais frágil é o ser que nela habita!"



 
Autor
Gothicum
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1444
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa Silva
Publicado: 03/06/2010 00:33  Atualizado: 03/06/2010 00:33
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4098
 Re: Hoje, mesmo hoje!
Saudades de te ler! Bom ver-te por cá, com tão belo poema!

Beijo

Enviado por Tópico
SofiaDuarte
Publicado: 11/06/2010 02:03  Atualizado: 11/06/2010 02:03
Da casa!
Usuário desde: 19/12/2008
Localidade: Portugal
Mensagens: 338
 Re: Hoje, mesmo hoje!
Que seja hoje! Mas mesmo hoje!

Que cada traço das tuas palavras sejam feitas e desfeitas sobre vidas...

Sempre adorei as tuas palavras,

Um abraço!

Enviado por Tópico
AntóniodosSantos
Publicado: 05/09/2010 18:37  Atualizado: 05/09/2010 18:39
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 997
 Re: Hoje, mesmo hoje!
"Hoje
mesmo hoje..."
Gostei muito de ler este poema...
tem mensagem poética, que nos toca a ALMA...

Parabéns

Um abraço


A.S.

Enviado por Tópico
FalcãoSR
Publicado: 23/03/2011 03:15  Atualizado: 23/03/2011 03:15
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 2722
 Re: Hoje, mesmo hoje!
Muito forte e profundo!

Abraço

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 06/05/2012 15:59  Atualizado: 06/05/2012 15:59
Membro de honra
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11076
 Re: Hoje, mesmo hoje!
Gothicum,
Um grito de lamento, daqueles que fazem falta por aqui.
Volta!
Beijo
Nanda