https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cortejo

 
Você me pede e eu te escrevo –
Dever não deveria,
Mas devo –
Um texto, um poema longevo,
Se é o que queria
Me atrevo.

Saudade, anjo, de um beijo.
Algo mais idealizo,
Vejo.
É que tenho a faca e o queijo
E aqui eternizo – querida
Meu cortejo.


Mário Piccarelli

 
Autor
Mario Piccarelli
 
Texto
Data
Leituras
494
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.