Rondel : 

ECOS DO SILÊNCIO

 
Tags:  silêncio    palavra    boca    ecos    amordaçada  
 

ECOS DO SILÊNCIO


A boca silenciada
guarda a palavra, o encanto.
O orvalho da madrugada
é um disfarce para o pranto.

Canção ao vento entoada,
inaudível acalanto...
A boca silenciada
guarda a palavra, o encanto.

Servil e amordaçada,
rendendo-se ao desencanto
da verdade arraigada,
ri-se do fel e do espanto
a boca silenciada.


(Andra Valladares)


http://andravalladares.multiply.com/journal/item/133/133

 
Autor
AndraValladares
 
Texto
Data
Leituras
3384
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/09/2010 17:08  Atualizado: 02/09/2010 17:08
 Re: ECOS DO SILÊNCIO
Que beleza! Na minha opinião, perfeito em ritmo, em estética, idéia...
Parabéns,
Edilson

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 02/09/2010 23:13  Atualizado: 02/09/2010 23:13
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2009
Localidade:
Mensagens: 6699
 Re: ECOS DO SILÊNCIO
Bonito e expressivo!Apreciei muito!
Bjins

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/09/2010 03:53  Atualizado: 04/09/2010 03:54
 Re: ECOS DO SILÊNCIO
"As mãos falam o que a boca cala" esse em especial, está maravilhoso, parabéns poetisa.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 04/09/2010 18:51  Atualizado: 04/09/2010 18:51
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: ECOS DO SILÊNCIO
A boca calada tanto canta o pranto
como a alegria.
O coração conhece a verdade.

Um abraçooO!

Abilio*