https://www.poetris.com/
 
Rondel : 

CARTA DE UM SUICIDA (RONDEL)

 
Tags:  vida    despedida    carta    suicída  
 
Carta de um Suicida

Despeço-me dessa vida!
Sem teu amor, nada é belo.
A aurora, descolorida,
Perdeu seus tons amarelos.

Construímos um castelo,
Que ruiu com a tua partida...
Despeço-me dessa vida!
Sem teu amor, nada é belo.

O vento da despedida,
Prende-me pelos cabelos.
Solidão deu-me guarida.
Da alegria, foi-se o elo...
Despeço-me dessa vida!


(Andra Valladares)


POEMA PUBLICADO NA ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS Nº 55 E PANORAMA LITERÁRIO BRASILEIRO 2009/2010 , AMBOS ORGANIZADO PELA CBJE

http://andravalladares.multiply.com/j ... arta_de_Um_Suicida_Rondel


 
Autor
AndraValladares
 
Texto
Data
Leituras
2594
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Hisalena
Publicado: 05/09/2010 19:49  Atualizado: 05/09/2010 19:49
Colaborador
Usuário desde: 30/09/2007
Localidade: Leiria
Mensagens: 762
 Re: CARTA DE UM SUICIDA (RONDEL)
Um poema com um toque de tristeza, de desalento, de mágoa mas sobretudo um poema com muita garra e muita coragem. Sentimentos muito fortes e muito delineados...
Muito bom, intenso e sentido...

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 05/09/2010 19:52  Atualizado: 05/09/2010 19:52
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: CARTA DE UM SUICIDA (RONDEL)
A vida não é nenhum mar de (p)Rosas
e também estes momentos marcam a nossa existência.

Bela construção!

Abilio*