https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Nunca mais verá o meu sorriso

 
Houve um tempo em que meu sorriso era espontâneo.
Existia em mim uma felicidade
Que fazia meu coração pulsar
E eu nunca imaginava a saudade.

Nunca mais verá o meu sorriso.
O coração que ofereceu a ti o amor
Já não tem a coragem de te encarar
E carrega consigo imensa dor.

O meu semblante estará sempre fechado.
Como um pesadelo terrível na noite
Despertei-me do sonho cruel
E aceitei em mim o açoite.

Sua alegria que se foi com o tempo me fazia sorrir.
Já não existe aqui aquela flor
Do jardim encantado na primavera
Pois secaram na claridade desse calor.

Nunca mais verá o meu sorriso.
Mesmo que voltes da sua ausência
Meus passos seguirão o pôr-do-sol
Para tentar acalmar minha carência.


Odair José
Poeta e Escritor Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com
 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
2058
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.