https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

A chegada do circo

 
Tags:  circo    Palhaços    piadas  
 
Open in new window

A chegada do circo

Lembro-me do circo chegando à cidade
Quanta alegria me trazia nesta hora
Dos palhaços, eu sinto tanta saudade
De suas estripulias me lembro agora

O tempo deixou os meus pés cansados
Já não há graça como havia outrora
E os meus sonhos ficaram amarelados
Porque tudo que é bom tem sua hora

Agora quando o circo vem chegando
De longe é que eu fico contemplando
Sem nenhuma vontade de ali entrar

As piadas contadas serão as mesmas
Em vez de alegrias me trás tristezas
E nem a minha saudade posso matar.

jmd/Maringá, 03.10.2010









verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
3783
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.