https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sem pudor, sem amor, sem crime

 
Tags:  viver    conhecer-se  
 


Gê Muniz

Sem pudor, sem amor, sem crime

é certo
que não me conheço
nunca
me esqueço tampouco

dou-me um amplexo
no avesso
beijo a língua do ser desdobrado
copulo-me em prazer
autofágico

perigosamente grávido,
aborto
na espiral dum olho-mágico
em plena praça pública
num ato político, sepulcral,
premeditado

a coerência me prende...
a liberdade me oprime...
a indecência me redime

vou praticá-la
mesmo namorando
a dor

sem pudor,
sem amor,
sem crime
 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1997
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
25
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/10/2010 23:11  Atualizado: 30/10/2010 23:11
 Re: SEM AMOR, SEM PUDOR, SEM CRIME
gostei deste poema parabens gostei imenso


Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 30/10/2010 23:13  Atualizado: 30/10/2010 23:13
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: SEM AMOR, SEM PUDOR, SEM CRIME
Nada como a indecência para nos redimir.A dor é apenas consequência sem graça da autofagia.Adorei.
Vou levá-lo comigo bebê.

Karla B


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/10/2010 23:17  Atualizado: 30/10/2010 23:17
 Re: SEM AMOR, SEM PUDOR, SEM CRIME
Ola Ge, nao basta ler as tuas tapecarias poeticas apenas uma vez, elas sao tecidas com linhas nem sempre visiveis, mas no conjunto realcam-se e encantam! Grande abraco!


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 30/10/2010 23:17  Atualizado: 30/10/2010 23:17
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15132
 Re: SEM AMOR, SEM PUDOR, SEM CRIME
Se auto-devorando,poeta? Sempre com temas dinâmicos e atuais. Vejo que tem uma gama considerável de vocábulos em tua bagagem literária, amigão. E o melhor: Sabe utilizá-los muito bem para nosso prazer diário. Parabéns pela tentativa, Brother. Está próximo do alvo. Um forte abraço, Gigantesco Gê!


Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 30/10/2010 23:22  Atualizado: 30/10/2010 23:22
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crime
Eis o poeta desnudado
mas pleno de convições!

1 abraço0!
Abílio*


Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 30/10/2010 23:50  Atualizado: 30/10/2010 23:50
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crime
Um poema que se devora e que nos devora, pois nos "mostra" também aqui. Nossas contradições, nossa liberdade vigiada e nossa esperança de dizer não mesmo que isso nos fira em profundidade. Será que viajei? Mas me deu vontade de dizer isso.

Abraço


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/10/2010 00:48  Atualizado: 31/10/2010 00:48
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crime
Gostei do seu poema
parabéns
:D


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/10/2010 01:16  Atualizado: 31/10/2010 01:16
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crime
a coerência me prende...
a liberdade me oprime...
a indecência me redime

Muito belo querido amigo, como sempre, Beijo enorme.


Enviado por Tópico
Maribel
Publicado: 31/10/2010 01:45  Atualizado: 31/10/2010 01:45
Da casa!
Usuário desde: 21/08/2010
Localidade: Venho do mar
Mensagens: 261
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crime P/Ge muniz
Olá,Ge!!! Está soberbo, fantástico... adoreiiii...Beijinhos poéticos para ti...:))


Enviado por Tópico
MelMartins
Publicado: 31/10/2010 02:08  Atualizado: 31/10/2010 02:08
Colaborador
Usuário desde: 02/06/2010
Localidade:
Mensagens: 941
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crimeP/GÊ
Sempre realista Gê e gosto desse lado sério!

Mais um belo poema!

Abraços poeta amigo

Alice Barros



Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 31/10/2010 02:48  Atualizado: 31/10/2010 02:50
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crime
Amigo Poeta
Gê!

As pessoas agem assim mesmo poeta, sem pudor, sem amor e sem crime. Fazem tudo só por fazer e mais nada. Desculpa se não consegui entender a sua mensagem, mas não creio que o poeta seja assim.
Bjo no coração.
♫carol


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 31/10/2010 12:43  Atualizado: 31/10/2010 12:43
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Sem pudor, sem amor, sem crime
Amigo Poeta
Gê!

Vim dizer que ontem não estava muito bem, coisas da vida, dai não consegui entender o seu poema.
Desculpa, hoje voltei e consegui entender acredito que melhor.

""a coerência me prende...
a liberdade me oprime...
a indecência me redime

vou praticá-la
mesmo namorando
a dor

sem pudor,
sem amor,
sem crime""

Me perdoe por favor!
Bjo no coração
♫Carol