Poemas -> Amor : 

Balada da Exaustão

 
Preciso de mim.
No interior lascivo dos teus pensamentos.

Preciso de mim.
Nos abraços que dás a homens sem fim.

Preciso de mim.
Quando tua mão me salva da berma da estrada.

Preciso de mim.
Na noite mágica em que durmo contigo na cama.

Preciso de mim.
Nos teus orgasmos cruéis no meu sangue.

Preciso de mim.

Preciso de ti.

Longe de tudo.



José


 
Autor
Jose Braga
 
Texto
Data
Leituras
848
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Raul Cordeiro
Publicado: 27/09/2007 17:57  Atualizado: 27/09/2007 17:57
Membro de honra
Usuário desde: 23/07/2007
Localidade:
Mensagens: 598
 Re: Balada da Exaustão
Precisamos da tua poesia.

Uma oferta para ler:

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=18559

Raul Cordeiro

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 27/09/2007 19:59  Atualizado: 27/09/2007 19:59
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4038
 Re: Balada da Exaustão
Belo!