https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sem mim a Poesia nunca existiu

 



Sem mim a Poesia nunca existiu, existe ou existirá.
Beija-me a boca, mulher, e faço de ti poetisa verdadeira!
Sem me amares, as tuas palavras são ocas.




Sou divina e imortal

 
Autor
Erato
Autor
 
Texto
Data
Leituras
559
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 29/07/2011 02:10  Atualizado: 29/07/2011 02:10
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9268
 Re: Sem mim a Poesia nunca existiu
Boa noite nobre poeta, seu personagem é um tanto presunçoso, porem deve ter embasamento para as suas contundentes afirmações, MJ.

Enviado por Tópico
cdesirre
Publicado: 29/07/2011 03:00  Atualizado: 29/07/2011 03:00
Participativo
Usuário desde: 24/05/2010
Localidade:
Mensagens: 11
 Re: Sem mim a Poesia nunca existiu
Caro poeta Erato,

Suas poesias passa uma impressão que escreveste no auge da raiva...

Cássia

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/07/2011 03:11  Atualizado: 29/07/2011 03:11
 Re: Sem mim a Poesia nunca existiu - Para os comentários anteriores
Não vêem vocês que ele/ela fala como Erato, a musa da poesia?

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 29/07/2011 18:16  Atualizado: 29/07/2011 18:16
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29212
 Re: Sem mim a Poesia nunca existiu
UMA MARAVILHA DEIXO MEU ABRAÇO

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 29/07/2011 20:56  Atualizado: 29/07/2011 20:56
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Sem mim a Poesia nunca existiu
Interessante...

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 29/07/2011 22:09  Atualizado: 29/07/2011 22:09
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8222
 Re: Sem mim a Poesia nunca existiu
gostei muito Erato; talvez o desiderato principal seja a consciência