https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

É um sopro

 



É um sopro, apenas, e o Belo ser-te-á acrescentado, como asas no dorso das palavras, e cristais, no timbre da tua voz.
Ó poeta de nobre coração, não respondas às truculências do desejo da falsidade enganosa da ilusão de uma existência mesquinha!
Fala comigo, em sussurro, no íntimo dourado das nossas almas sentidas e amemo-nos no infinito, para além do tempo que desaparece!




Sou divina e imortal

 
Autor
Erato
Autor
 
Texto
Data
Leituras
453
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 03/08/2011 18:33  Atualizado: 03/08/2011 18:33
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9304
 Re: É um sopro
Boa tarde Caro poeta, seus versos ficaram profundamente instigantes, meus parabens, MJ.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/08/2011 18:39  Atualizado: 03/08/2011 18:39
 Re: É um sopro - Para Erato
ó musa, é como se falasse para cada poeta que habita, que dorme em cada ser.
Gosto da poesia.

Enviado por Tópico
Ghost
Publicado: 03/08/2011 18:47  Atualizado: 03/08/2011 18:47
Colaborador
Usuário desde: 09/04/2011
Localidade: Lisboa, Portugal
Mensagens: 1822
 Re: É um sopro
Lírico sem dúvida.
Um sopro da alma que fulmina corações, em palavras com apenas um sopro, de carência, de desejo, de amor, de ensejos...
Gostei de ler.
Abraços e Felicidades.

Enviado por Tópico
And.Marques
Publicado: 03/08/2011 20:06  Atualizado: 03/08/2011 20:06
Super Participativo
Usuário desde: 23/07/2011
Localidade:
Mensagens: 148
 Re: É um sopro
legal!!!bom trabalho!!!um abraço.