https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Deslocado

 
Estou vivo, embora silenciado
Pelas agruras que me são tantas
Na vida que me leva esgotado
Entre novos valores, deslocado
Por não haverem palavras santas.

Pois neste silêncio esquisito
Que em consciência me solte
Do jogo em que não acredito
E onde temo não ser expedito
Mesmo que a coragem me volte.

Porque o futuro me condena
A pensar que há tão pouco
Ou nada que valha a pena
Com uma vontade assim pequena
De entrar no mundo louco.

Esbarrando em contradições
Embaraço-me a um dilema:
Entre caras que não são corações
Ou palavras que não são acções
Qual o valor de um poema?

Por aqui, fico e me embalo
No meu cantinho modesto
Ao que oiço apenas me calo
Nem escrevo aquilo que falo
Foram sonhos de que sou resto.

tavico


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1167
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/08/2011 14:58  Atualizado: 09/08/2011 14:58
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29303
 Re: Deslocado
UM MARAVILHOSO POEMA DEIXO MEU ABRAÇO