https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Lição de Amor

 
Tags:  amor    coração    meu    tua  
 
De manhã cedo, abri a janela
e o vento soprou suave em meus cabelos.
As folhas ainda caíam das árvores,
quanto te vi, pela primeira vez...

Logo, te abriguei em meu coração,
e de braços abertos te acolhi, te aninhei,
te fiz sentir que eras somente meu,
tanto quanto eu era tua.

As folhas já não caíam mais, quando então eu percebi
que meu tu não eras, nunca fostes, jamais.

Teu espírito livre não te permitiu
pousar em um só lugar, para ali se firmar.
Tinhas que voar.

Então voastes para longe, para longe de mim.
Estás distante, mas de ti não me esqueci.
O choro acabou e o lamento cessou.

Os dias se passaram e ficou só uma certeza:
A lição que contigo aprendi, ao menos, foi boa para mim.
Aprendi algo importante, aprendi a me amar, enfim.



Cláudia Banegas

 
Autor
Cláudia Banegas
 
Texto
Data
Leituras
4185
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/10/2007 15:21  Atualizado: 13/10/2007 15:21
 Re: Lição de Amor
O amor se aprende com as liçòes que a vida nos dá, o amor por vezes voa,é louco, desaparece mas em contrapartida um novo regressa para nos confortar e em nós ficar para sempre.
Já passei por essa fase da vida, felizmente que aquele amor traiçoeiro náo mais voltou, mas encontrei muito mais precioso e belo.


Enviado por Tópico
Hisalena
Publicado: 13/10/2007 17:44  Atualizado: 13/10/2007 17:44
Colaborador
Usuário desde: 30/09/2007
Localidade: Leiria
Mensagens: 758
 Re: Lição de Amor
O amor quando termina deste jeito é triste mas fica sempre algo de bom... descobrimos que somos capazes de amar e sobretudo amando aprendemos a amar-nos a nós mesmos e dar-nos valor.
Bonito o seu poema, sincero e sentido.
beijos