https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

FEROMÔNIOS

 
Tags:  desejo    tesão    lascívia    feromônio  
 
.


Gê Muniz

FEROMÔNIOS

Ela, forjada de nuanças insustentáveis
No domínio das paletas – supra-cores –
Ela, urdida em ultra-sons hiperfísicos – operetas –
Perceptíveis apenas aos elegantes felinos
Ela, envolta de perfumes fantásticos,
Velados ao tosco olfato dos homens...
Ao contemplá-la, minh’alma tola e sequiosa,
Carregava-se de tal fé ilimitada nela mesma
Que, por conta disso, se causava e existia...
Decerto era n’outra dimensão intangível
Que algo ou alguém ultranatural farejava
O que neste mundo jamais se emanaria, e repartia
A maravilha sutílima para os domínios da carne
Ao resumir o impercebível olor n’uma só palavra:
- Volúpia (outros diriam tesão)

Gê Muniz
 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1178
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 15/11/2011 23:26  Atualizado: 15/11/2011 23:26
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: FEROMÔNIOS
Caraca senti esse cheiro daqui.Amigo, você está apaixonado e isso é lindo.

Beijo grande.

Karla B


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/11/2011 00:04  Atualizado: 16/11/2011 00:04
 Re: FEROMÔNIOS
http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... oryid=29976#ixzz1dp0RO99T
aqui quando do meu olfato mais apurado...


revivo-o hj no seu poema. excelente!

aquele abração Gê.

zésilveira