https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

A lágrima

 
Hoje apetecia-me chorar,
Por razões que nem sei bem,
Mas o acto de lacrimejar
Jamais pareceu tão além.

Tentei perceber a razão
De tal estado confuso,
Mas nem com muita atenção
Pude apanhar o intruso.

Mágoas passadas que não passam,
Será talvez só confusão,
O certo é que a dúvida, surgiu.

Memórias do que fui me abraçam,
Esquentam, apertam o coração...
E foi então que uma lágrima, caiu.


"Even though i walk through the valley of the shadow of death, i will fear no evil..."

 
Autor
Leugimiur
Autor
 
Texto
Data
Leituras
714
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.