https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Sombras (Victor Motta)

 
Tags:  saudade    solidão    silêncio  
 
SOMBRAS

E, FEZ-SE O SILÊNCIO EM MEU QUARTO;
DO FUNDO DA NOITE VIERAM TREVAS.

A MEU LADO, SUAVE PERFUME MARCAVA
TUA PRESENÇA EM MIL PRESENÇAS,
MAS TU NÃO ESTAVAS.

O CALOR TERNO QUE ME ENVOLVIA
NÃO VINHA DE TEU CORPO
TANTAS VEZES MEU.

O HÁLITO QUE ME ACARICIAVA
O PEITO, TÃO PRÓXIMO,
TÃO ÍNTIMO,
NÃO TINHA A AUTENTICIDADE
DO TEU BEIJO.

E, EU PENSAVA NA NOITE.

VINHA ROLANDO DO PASSADO
O CLAMOR DE UMA PRESENÇA
USURPADA.

E, EU PENSAVA NA NOITE.

ATÉ AONDE TUA PRESENÇA
ME ALCANÇARIA?
QUANTOS CORPOS IDENTIFICARIA
AO TEU, SEM TE ENCONTRAR?

E MINHA MÃO DESLIZAVA SUAVE
PELO DORSO NÚ, QUE NÃO ERA
O TEU.

DENTRO DO SILÊNCIO DE MEU QUARTO,
PERDIDO NO FUNDO DA NOITE
QUE ERAM TREVAS.


Livre-pensadora, livre-sonhadora

Autor: Victor Motta
Blog: cariucho.wordpress.com
 
Autor
Manu_C.
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2043
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 19/02/2012 16:39  Atualizado: 19/02/2012 16:39
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9716
 Re: Sombras
Boa tarde Manu, seus versos narram uma personagem melancólica com aquilo que em um dado momento lhe pareceu uma relação amorosa, no entanto descambou para os profundos desalentos, Meus parabéns pelo seu contundente poema, MJ.


Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 26/02/2012 11:56  Atualizado: 26/02/2012 11:56
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: Sombras
Querida Manu - Um poema de amor carregado de nostalgias e lembranças de um tempo que se foi e ficou na saudades..
Um abraço com afeto
JBMendes



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/09/2012 19:17  Atualizado: 30/09/2012 19:17
 Re: Sombras (Victor Motta)
Um belo poema aqui partilhado Manu, ainda que não seja seu quem o fez o fez com alma poética.
Delirante pelos versos envolventes sobre um mar de "sombras"
Parabéns ao autor (Victor)e parabéns pela partilha menina.

Abraços
Luzia