https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

morfossintaxe de encontro aos dois sentimentos

 


apertei te mais um pouco
contra mim
e senti a tua dor
dentro da minha
pela cintura

e foi um fogo
que se ateou
e dois corpos
que o alimentavam
em combustão

nesse fogo apertado
e consumado
ficou a paixão na cinza
de uma conjunção
(copulativa
que nunca a quis disjuntiva)


 
Autor
uersus
Autor
 
Texto
Data
Leituras
979
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 01/08/2012 23:48  Atualizado: 01/08/2012 23:48
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: morfossintaxe de encontro aos dois sentimentos
Gosto muito da tua forma de escrever!

Parabéns por mais esta bela conjugação!

Beijinho

Felisbela


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/08/2012 00:31  Atualizado: 02/08/2012 00:31
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: morfossintaxe de encontro aos dois sentimentos
Sentimentos que se encontram
No mais lindo ensejo
No mais belo desejo

UM POEMA QUE NOS INFLAMAM, ESTA BELÍSSIMO