https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O meu primeiro poema

 
Palavras do meu divertimento
(ou apenas alguns apontamentos)
E uma vontade de contar
Uma velha história
À nova esperança.
Palavras sem sentido,
Porque não procuro ser entendido,
Sou uma bola de sabão que em criança
Se desprendeu pelo sopro
De um tubo de papelão,
Libertada até ao fim.
“A BOMBA EXPLODIU EM HIROSHIMA”
Tenho apenas a vontade de inventar
Um longo abraço à Natureza,
Não vou escrever cartas suicidas,
A publicitar a minha fuga
Momentos antes de largar o corpo
Na ponta de uma corda.
Para que a morte
Seja apenas um epílogo,
É necessário levar à boca
O copo de cristal
Do primeiro choro de uma criança
E saborear pequenos tragos
De ar fresco
Do drink da vida.


Open in new window


Conforme o titulo o diz este é de facto o meu primeiro texto com pretensão a ser um poema.
 
Autor
Sedov
Autor
 
Texto
Data
Leituras
506
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessicaseventeen
Publicado: 13/09/2012 15:05  Atualizado: 13/09/2012 15:05
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2011
Localidade: Coimbra, Portugal
Mensagens: 920
 Re: O meu primeiro poema
Um dia, alguém me disse que os primeiros poemas são os mais genuínos...
Enfim, serão talvez os mais "desajeitados" mas engraçados ao mesmo tempo!

"Tenho apenas a vontade de inventar"

Acho que escrever é isso mesmo...
Inventar, criar, sonhar, imaginar...

Beijinhos Com Alma e Coração *

Jessica

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 13/09/2012 22:20  Atualizado: 13/09/2012 22:20
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16270
 Re: O meu primeiro poema
Boa Noite, Poeta!

Poema engraçado e criativo!
Gostei bastante de ler-te!

Parabéns!
Bjos!

Open in new window