https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Entre cortes e gritos

 
Tags:  dor    tristeza    morte  
 
A dor imputa aos meus sentidos
A sua enxurrada de culpa.
Dissolve homeopaticamente
Minha autoestima meretrícia.
Balbucia ao meu espírito
A lastimável sentença de respirar.

Orando fervorosamente à síncope
Suplicava contra o açoite da sobriedade.
Ânsiava pelo afago do acorde derradeiro
O último suspiro das minhas mutilações.


"A maior riqueza
do homem
é sua incompletude.
Nesse ponto
sou abastado.
Palavras que me aceitam
como sou
— eu não aceito." Manoel de Barros

Hoje meu coração está menor.
 
Autor
Cleber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
877
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/01/2013 00:10  Atualizado: 11/01/2013 00:10
 Re: Entre cortes e gritos