https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Subtileza

 
Subtileza

Como uma nuvem branca transparente
deslizando suavemente numa poeira fina
embaladora em fumos, puros na atmosfera,
palavra de cristal entufada em criolina.

É uma cádima que em cadeia de átomos
procurando aquela réstia de sol intimidada
que vai atravessando a neblina conivente
dita de uma maneira tão espiritual, delicada.

Em arabescos delineados vai espalhando
berliques ou seja habilidades misteriosas.
A prosápia vai bruxuleante improvisando.

Fina, elegantemente empregada é beleza
também enfatuada mas polida e adocicada
aí temos uma promessa verbal a, Subtileza.

Vólena

 
Autor
Volena
Autor
 
Texto
Data
Leituras
856
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 18/02/2013 22:21  Atualizado: 18/02/2013 22:21
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11165
 Re: Subtileza
Volena,
Um soneto crítico, acutilante e inteligente.
Beijinho
Nanda


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/02/2013 22:47  Atualizado: 22/02/2013 22:47
 Re: Subtileza
Eis aqui um soneto que eu gostaria de ter escrito. Impecável. Parabéns lusos.