https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

O amanhã

 
Tags:  amor    ternura    cumplicidade  
 
Open in new window
A eternidade é um estado de alma, um instante no tempo em que o corpo se perde e apenas a alma sobra. Neste espaço infinito, viajo por todas as dimensões, o corpo feito de energia, luz pura, risca este túnel entre os tempos em direcção a ti.

Encontro-te, espalhada por vários corpos, em diversas épocas ao longo desta história imensa. Em cada uma delas, eu sou um personagem diverso, mas sempre próximo, por vezes muito próximo de ti.

Sabes, estou sempre aqui, no lugar onde vens a cada noite sonhar, neste mundo perdido que visitas ausente do teu corpo, onde a leveza é o teu próprio ser e a beleza a tua própria alma. Eu, sou apenas o espaço, a tranquilidade e a paz que encontras no centro de ti própria.

A Noite é o instante propício em que os silêncios abafam a realidade e o corpo permite ao espírito evadir-se-lhe, abandonando-o por algumas horas em troca do seu próprio descanso. O momento de magia inicia-se na penumbra do entardecer, quebrando-se apenas com a aurora, o amanhecer.

Somos o passado e o futuro do outro, não temos presente, mas sonhamo-lo a cada sono, há espera do amanhã que está por vir.

 
Autor
Noite
Autor
 
Texto
Data
Leituras
767
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
t u r t l e m o o n
Publicado: 03/02/2008 12:14  Atualizado: 03/02/2008 12:14
Super Participativo
Usuário desde: 16/11/2007
Localidade:
Mensagens: 167
 Re: O amanhã
a tua musa deve ficar profundamente extasiada ao ler-te...mas q sortuda!(",)
adorei esta frase:

Eu, sou apenas o espaço, a tranquilidade e a paz que encontras no centro de ti própria.

obrig p/+esta leitura.bjs