https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

A burguesia cheira mal

 
Tags:  paris    telenovelas    Nova York  
 
Open in new window

A burguesia cheira mal

A burguesia cheira a carros importados
A burguesia quer ver os pobres esfarrapados
A burguesia cheira a compras em Nova York
A burguesia quer que o pobre se enforque
A burguesia cheira a roupas de telenovelas
A burguesia quer que o pobre morra em favelas
A burguesia viaja muito para Paris
A pobreza não enxerga a um palmo do nariz
A burguesia não quer ver a pobreza na escola
A pobreza quanto mais analfabeta, mais se esfola.
A burguesia faz do pobre o seu escravo
A burguesia não gosta se o pobre fica bravo
A burguesia se apodera de todos os latifúndios
A pobreza que corte cana, ao contrário trata-se de vagabundos
A burguesia viaja ao mundo, pra isso tem passaporte
A pobreza só viaja pra Aparecida do Norte
A burguesia sonega por ano, em impostos, mais de quatrocentos bilhões.
A pobreza, no entanto vai vivendo de tostões
A burguesia propaga mentiras pelos jornais
A pobreza acredita e se ferra cada vez mais.

jmd/Maringá, 12.07.13


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
963
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
0
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.