https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

NÃO DOMINO MEU NARIZ

 
Trago no olhar a bagagem que me determina,
Nada foi perdido nos destroços dum caminho,
Poucas as crendices que afetam minha sina,
Trato as minhas feridas e elimino as toxinas.

Desfraldo no horizonte todo um ser celestial,
Busco na acuidade a paridade de um imortal,
Mas sempre tenho negado o conceito divinal,
Méritos só concebidos a evoluídos espirituais.

Sem grande apego nem mesmo ao torrão natal,
Grassam em meu viver contrastes emocionais,
Chego a fase caduca com traços dum colegial.

Trajetórias são compulsivas na vida do aprendiz,
Os rumos são corrigidos mas nada do que se quis,
Depois de tantas labutas não domino meu nariz.





Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
688
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 04/10/2013 19:43  Atualizado: 04/10/2013 19:43
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: NÃO DOMINO MEU NARIZ
é assim: "Trago no olhar a bagagem que me determina", e como penso serem longas todas as viagens,
mesmo nessas buscas de negações constantes até à "fase caduca com traços dum colegial".
nem sempre a nova rota é que se ambicionou à partida, mas, tudo será atemporal, fiquem as surpresas em cada curva da estrada. Obrigado.

Agradeço-te

Enviado por Tópico
acalenta
Publicado: 04/10/2013 21:42  Atualizado: 04/10/2013 21:42
Colaborador
Usuário desde: 25/08/2010
Localidade:
Mensagens: 5385
 Re: NÃO DOMINO MEU NARIZ
Olá Miguel!!!


Mais um soneto maravilhoso,parabéns amigo
Tenha um belo FDS
abraço
acalenta

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 04/10/2013 22:47  Atualizado: 04/10/2013 22:47
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: NÃO DOMINO MEU NARIZ
Por mais que caminhemos
não temos o domínio total
dos nossos passos, Miguel.
Gostei do poema!
Abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/10/2013 10:37  Atualizado: 05/10/2013 10:37
 Re: NÃO DOMINO MEU NARIZ
o nariz é o único órgão que convém dominar educando-o. mas a bagagem por vezes não o deixa em paz. é a vida... gosto de pensar que os eternos aprendizes são os melhores terrenos de regadio

um abraço

Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 05/10/2013 13:05  Atualizado: 05/10/2013 13:05
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: NÃO DOMINO MEU NARIZ
Bom dia Miguel!

Realmente a mais difícil tarefa é nos dominarmos.

Excelente soneto amigo,parabéns!

beijos

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 06/10/2013 04:28  Atualizado: 06/10/2013 04:28
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16139
 Re: NÃO DOMINO MEU NARIZ
Miguel
Bela reflexão! Adorei a leitura!

Chego a fase caduca com traços dum colegial.

Trajetórias são compulsivas na vida do aprendiz,
Os rumos são corrigidos mas nada do que se quis,
Depois de tantas labutas não domino meu nariz.


Incontestável! Rsrs
Janna

Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 08/10/2013 10:48  Atualizado: 08/10/2013 10:48
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4218
 Re: NÃO DOMINO MEU NARIZ
Miguel,

Os meus parabéns pelo seu belissimo poema.
Adorei lê-lo.
Palavras muito precisas mas divertidas com que define uma forma de estar na vida.

" Chego a fase caduca com traços dum colegial."

Excelente conjunto de frases, que deixam entrever um pouco da sua auto descrição.

Beijinho
Eureka