https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

"a mão que balança o berço"

 
Tags:  alma    contradição    âmago    imo  
 

bela é a superfície da terra
leito fértil pro amor

mas nas entranhas
su’alma
é uma fera
rangendo dentes
com salivas
ferventes
cuspidas
sempre que aflora
fúria de repente

oxalá fosse
o âmago da esfera
delicada flor bela
expelindo seiva
e perfume
sempre que se irasse
em azedume






 
Autor
MarySSantos
 
Texto
Data
Leituras
1215
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
8
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/04/2014 17:10  Atualizado: 09/04/2014 17:10
 Re: "a mão que balança o berço"
esse título, a música do poema, tudo me agrada. parabéns, querida poetisa.


Enviado por Tópico
Manufernandes
Publicado: 09/04/2014 20:34  Atualizado: 09/04/2014 20:34
Subscritor
Usuário desde: 09/12/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3888
 Re: "a mão que balança o berço"
Parece-me, como leigo,
um poema roçando,
no mínimo, a perfeição vulcânica da poesia

Gostei muito!
Parabéns
manu


Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 10/04/2014 20:39  Atualizado: 10/04/2014 20:39
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2371
 Re: "a mão que balança o berço"
Mesmo que não diga nada, saiba que continuo lendo.
É que por vezes faltam-me as palavras :(


Enviado por Tópico
LuizMorais
Publicado: 12/04/2014 08:50  Atualizado: 12/04/2014 08:50
Luso de Ouro III
Usuário desde: 29/01/2012
Localidade: Piracicaba - SP
Mensagens: 2153
 Re: "a mão que balança o berço"
Gostei muito de ler. Palavras bem escolhidas, fortes quando lidas como um todo, trazendo logo à mente imagens e sons.

Destaco:

" ...o âmago da esfera
delicada flor bela
expelindo seiva
e perfume..."