https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

tenho dito

 
o sectarismo morde os calcanhares
com a complacência inata
de uns muitos milhares,
coisos secos e gente ingrata
que se ajoelha em altares
banhados a ouro e prata.

no fundo, é coisa de néscios
entalados entre o não saber e a cegueira,
que suportam largos suplícios
com argumentos chegados à asneira
feitos de normas e vícios
de agiotagem lampeira.

depois, é o que se vê,
os bolsos ficam rotos até à incontinência
os miúdos, comem não sei o quê
e os velhos enterram-se sem decência...
até jornal fala riscado a azul bébé
neste canto decorado de inconsciência.


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
673
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
1
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
sisnando
Publicado: 23/05/2014 10:22  Atualizado: 23/05/2014 10:22
Da casa!
Usuário desde: 21/10/2008
Localidade: Fafe
Mensagens: 466
 Re: tenho dito