https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Confiança

 
Tags:  alma    sombra    confiança  
 
Open in new window


Há ocasiões que nem as sombras
se podem revelar segredos, porque projetam-se
para extraordinárias alturas;
Mas é o papel delas, é só debuxarem-se!
.
Até lá articularei o que me apetecer,
Se me apetecer dizer-te um segredo eu irei dizer,
Tudo o que a boca precisar de falar;
E a boca livremente, irá conversar.
.
De sombras só acredito na minha,
Ela escuta e não se projeta na altura,
Quando deixar de confiar na minha alma,
Nem a minha sombra, falarei da Lua!
.
Mas agora só irei falar com a minha sombra;
Se falamos de confiança, quem mais poderemos confiar?
Somente com a solidão da nossa alma, bem sombra,
O resto desabafa-se por entre linhas
do nosso impressionante, respirar.
.
Ana Carina Osório Relvas/A.C.O.R


A felicidade são pequenos sorrisos de determinados momentos
Ana Carina Osório Relvas/acor

https://acor13.blogspot.com/



 
Autor
A.C.O.R
Autor
 
Texto
Data
Leituras
957
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/06/2014 13:48  Atualizado: 20/06/2014 13:48
 Re: Confiança
bonito, Ana. os segredos não podem ficar mais seguros do que na alma de quem os tem. parabéns.