https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Eu sonhei um sonho

 
''Eu te busquei, nos cantos mais frívolos da vida, senti a morte pairar sobre toda a humanidade, ouvi os gritos e vi as lagrimas que não secaram mais, eu simplesmente vivi sobre sonho esse que construí, de um dia conhecer a liberdade ou de simplesmente encontrar a felicidade.''
Eu sonhei um sonho que não poderia sonhar, simplesmente por toda uma vida eu busquei o que nenhum homem poderá alcançar, nenhuma palavra poderá descrever , nenhum amor eterno poderá explicar.

Eu vivi, eu existi eu me tornei sonho este. Minha alma suplicava sua presença e meu corpo morri em sua ausência, não foi sonho este que me matou,pois sonhos não são capazes putrificar carne, e condenar almas ao abismo eterno de solidão e medo, simplesmente o tempo chegou e como um suspiro de vida, o beijo da morte e silencioso e cauteloso, envolvente. Meu corpo fragilizado se entregou e por mais que minha mente lutasse com toda a experiencia de uma vida, a luta se apaziguou, pois no ultimo momento entre a vida e a morte eterna eu compreendi.

Cada lagrimas que escorreu de minha face desde meu primeiro suspiro de vida, ao meu ultimo suspiro para morte.
Eu entendi cada dor ,cada momento de pleno e angustiante sofrimento, e assim as dores que carreguei por toda uma vida se desfizeram em gloria.
Toda a perda que tivesse em minha historia por fim tiveram razão, e assim todo amor que pelo qual chorei se fizeram presentes em um amor que no tempo guardei.
E por fim todo medo que por muito tempo tive de nunca ser livre ou de nunca conhecer a felicidade se fizeram inexistentes naquele momentos pois percebi que..
Cada lagrima ,cada dor ,cada amor e medo me fizeram o que hoje fui, pois a minha luta foi,é, e será eterna pois enquanto minha alma pairar em um único pensamento vivente eu estarei presente.

Minha vida não esta escrita, pois eu se faço de dia a pós dia, o destino apenas nos da a certeza de que teremos o amanha para consertar os erros do passado ou construir um futuro de oportunidades. Mas jamais estaremos limitados a um futuro pre moldado, pois eu me faço livre para acreditar nas minhas palavras que jogadas ao vento se desfaz em harmonia que contagia a menor criatura viva, que da razão ao mais perdido coração, acreditem em cada batida de seu coração, em cada momento de alegria ou de plena tristeza pois o modo que você os vive, formara você amanha, acreditem em vocês.

Não me limite em palavras ,não me explique em sentimentos, não dei razão a minha irracionalidade,e nunca tente explicar o inexplicável,pois eu me faço presente em tudo que são e tudo o que um dia iram ser.
Eu sou a vida que pulsa que sangra que vive e morre, eu sou tão curta e cruel quanto as palavras que venho a te dizer, e mesmo assim tão bondosa e eterna a aqueles que em mi se fazem viver.

 
Autor
Bertassolli
 
Texto
Data
Leituras
618
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/06/2014 12:39  Atualizado: 29/06/2014 12:41
 Re: Eu sonhei um sonho
Palavras que não se limitam as amarguras desse seu sentimento que em seu ser é um verdadeiro tormento. Sinto seus olhos tristes, seu coração chorando que as lágrimas vem através dos olhos deixando marcas nas faces. Seus labios econtram-se se vida, onde o destino sangra os beijos da saudade.

Poetisa, um verdadeiro desabafo que senti em meu olhos. Muito sentimental esse lindo poema