https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

As contestatárias

 
Compreendem-se as flores
Desenhadas numa parede
De algo que está em ruínas.

Donas de todas as cores
Que existem na sociedade,
As desdenhosas meninas
Pintam como os pintores
De quadros sem idade.

Breves e caricatos retratos
Em jeito de graves avisos
Com a forma de um normal clichet...
No fundo são grandes ultimatos
Aos eternos indecisos
Não se sabe bem de quê.

As grandes necessidades
Aparecem sempre numa parede
De algo que está em ruínas.

Estilizar verdades
É algo que se aprende
Com desdenhosas meninas
Paridas por pais e mentores.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
649
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 15/12/2006 17:42  Atualizado: 15/12/2006 17:42
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: As contestatárias
As ruínas podem dizer muitas coisas...
Entre elas nos apresentar a beleza que nao enxergamos com o belo.


beijinhos

Enviado por Tópico
Junior A.
Publicado: 15/12/2006 21:06  Atualizado: 15/12/2006 21:06
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2006
Localidade: Mg
Mensagens: 894
 Re: As contestatárias
Bien....
Dando algumas pinceladas, algumas correcções, daria um belo soneto, somado á belas palavras, a um belo sentimento e a uma gigantesca capacidade.

Carece apenas de detalhes, algumas versos dispersos, que roubam o intuito nas quadras, há uma ambiguidade que resumida, faria perfeitamente o soneto.

Camões está a revirar no túmulo.

Mui bueno poeta

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/12/2006 01:03  Atualizado: 16/12/2006 01:03
 Re: As contestatárias
Adorei...As ruinas dizem mto...

Bjo