https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

...E o pó é nada!

 
Tags:  nada  
 
… E o pó é nada!

Lábios sorrindo em doce comunhão
Rostos erguidos voltados para a vida
Peitos ardendo na chama decidida
Bocas unidas em rubra combustão!

Mãos agarradas em cruel crispação
Promessas loucas e ilusões perdidas
Vultos envoltos em dores muito garridas
como em lavas ardentes de vulcão!

Olho... Sorrio... Observo indiferente
Consumo tudo num ciciar baixinho
com minha alma triste, amargurada...

Quadro obsceno de fundo quase ardente...
- Homem que crês, retoma o teu caminho
olha que tudo é pó... e o pó é nada!

Maria Helena Amaro
13/05/1955

http://mariahelenaamaro.blogspot.pt/2014/12/e-o-po-e-nada.html
 
Autor
amacsequeira
 
Texto
Data
Leituras
591
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/12/2014 11:45  Atualizado: 17/12/2014 11:45
 Re: ...E o pó é nada!