https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

O Inesperado

 
Tags:  amor    paixão    sonho  
 
Apenas sonhava, mas jamais imaginei viver a realidade
Que me acorda e invade o presente. Nós dois bem vivos
Libertado deste sonho e transformado na pura verdade
Brotando as dúvidas em teus olhos nus e apreensivos

Em conflitos pela razão de uma utopia em liberdade
Que me faz real, mas refém da voz dos teus motivos
Correndo o risco de viver em tua eterna saudade
O inesperado que vence os teus receios repulsivos

Desfolhando o colorido em silêncio que delata a emoção
De lábios e corpos que se atraem com intensidade e calor
Aflorando as excitações que o medo em total supressão

Avoluma o desejo com a força bruta de um forte trovão
Acendendo a chama no presente que nos dá forma e cor
Sucumbindo a distância que nos deixava além da ficção


Murilo Celani Servo

 
Autor
murilocs
Autor
 
Texto
Data
Leituras
307
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.