https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

A razão de Tudo

 
Open in new window
A razão de Tudo

Em teu corpo me fiz homem
igual rosa a desabrochar
onde sei os parecem falar
dois azulados olhos faiscantes.

Como espumas toscas do mar
ancas voláteis em meu caminho
onde é eterno o caminhar
fúnebre cortejo norteia o destino.

Dança na chuva com gosto de sal
lascivas caricias no azul cristalino
no êxtase alvoroçado e celestial
o homem voltando a ser um menino .

Brisa e pureza em tuas brancas mãos
são aves voando em vento felpudo
as estradas difíceis de um coração
somente o amor é a razão de tudo.

Alexandre

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
354
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.