https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

Quando o silêncio dos trovões é mais forte do que o burburinho dos raios

 


“Não sorrio enquanto quando amarro os sapatos. Sorrisos seriam como bandeiras desfraldadas, exaltando a inutilidade atual dos cordões e amarrís diante da praticidade do velcro.”.



Creio que não deva mais dar atenção às pessoas que amaldiçoam o mundo inteiro. Assim como você, estou muito preocupado com determinadas questões semânticas ou mesmo questionando a interpretação teleológica. Tudo isso não importa desde que possamos juntos admirar um amanhecer. Só faça-me o favor de não furtar a neve das tempestades do inverno. Elas estão circulando e já notei que existem faixas de classificação para que possamos observar estrelas junto a uma fogueira. E decididamente, sem você, eu não poderia ouvir outro trovão ou ver a luz brilhante de um relâmpago.

Vou levar um guarda chuva para enfrentar ventos violentos, desmaios dos raios e impressões dos furacões. Sem falar nos drones dos ciclones que causam mais problemas agora do que quando estávamos juntos. Considero as importâncias tanto dos relâmpagos quanto dos trovões ouvindo sua voz sussurrando até que as velas se extingam vez que gosto sobremaneira de tirar o pós das letras antes de iniciar a leitura de um bom livro. Já os não tão bons assim, leio-os mesmo empoeirados. Afinal de contas, o silêncio dos trovões é mais forte do que a conversa dos raios entre si trocando faíscas de amor à lua da lua. Raios podem ser mudos e ter parentesco com velas de estearina mantendo, porém o orgulho. Fico mais tranquilo quanto aos trovões que ribombam a cada hora e 34 minutos.

Mas, continuando é importante dizer que em nenhuma família as cinzas dos antepassados foram obtidas através da chama da manga de um lampião a querosene. Suponha que por um momento, apenas por um insignificante e fugaz momento possa ser quebrado o vinculo existente entre a luz e o som percorrendo distancias iguais em tempos infinitamente desiguais. Daí a importância da distancia entre as pontas e o relâmpago bem como das cargas existentes nos cirros de encontro uns aos outros. A distância tem o poder de anular o som enquanto a luz brilha vez que há uma disparidade entre ambos, avaliada em 25.102.015 segundos em favor do relâmpago e em detrimento do trovão. Que poderá estar usando óculos escuros para não ser ofuscado.

Por outro lado, há de se considerar as permissões e certificados obtidos pelas faíscas conferindo o direito de terem som antes de emitirem luz própria. Trovões ais discretos mantém sempre a palavra empenhada espirrando quando são empurrados para cima de uma estrela correndo o risco de entornarem a Via Láctea. Acho mesmo que é mais importante o espocar da luz a apenas uma milha do pássaro voando descontroladamente numa troika já que a neblina esconde da matilha de lobos a trilhados penhascos, podendo todo som ficar perigosamente pendurado na borda.


 
Autor
FilamposKanoziro
 
Texto
Data
Leituras
454
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
4
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/10/2015 19:27  Atualizado: 27/10/2015 01:01
 Re: Quando o silêncio dos trovões é mais forte do que o b...
Com para-quedas em 2D com 1 giga,acho que a borda pode ser refrescante.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/10/2015 11:37  Atualizado: 27/10/2015 12:24
 uma estrela correndo
Com para-quedas em 2D com 1 giga,acho que a borda pode ser refrescante, é só reforçar com jujubas de menta e uma asa de Lemure assado com pepinos e tomates timídos! Tenho que sussurrar porque eles são traumatizados com os bastidores secretos do Timão, no Timor Leste,coitados,as burcas de lá estão fora de moda,uma desgraça só!!
Por isso que os horários pelo avesso desencontram os tilintares das musicas pinks com flores erguidas de cara para o sol,mas também com tantos relógios, ninfas,capitães,aviões e parafusos só poderia dar nessa sinfonia toda,só faz pena que o amanhecer de ontem deu um jeito para só nascer no amanhã do futuro e você já viu?
Rolos e rolos de filmes kodak e o flash fazendo drama, posso deixar um palpite?
Use suas botas amarelas aquelas com botões de lítio e ranhuras de titânio que combina na perfeição,eu não uso as minhas por uma questão de dinheiro mesmo... O dinheiro morreu e esqueceu de me convidar para o velório mas já acendi uma vela e espero o retorno de sua alma (a do dinheiro, é claro) para chegar em tempo para a promoção de 80% de desconto e parcelado no crediário em 12x sem juros.
Enquanto isso,se mastiga uma fatia de lingua de sogra, minha parcimônia confusa de paladares agradece mas fica no chá chinês se houver.

Enviado por Tópico
s.i.s
Publicado: 16/12/2015 04:21  Atualizado: 16/12/2015 04:21
Muito Participativo
Usuário desde: 01/12/2015
Localidade: São Paulo
Mensagens: 85
 Re: Quando o silêncio dos trovões é mais forte do que o b...
Com para-quedas em 2D com 1 giga,acho que a borda pode ser refrescante, é só reforçar com jujubas de menta e uma asa de Lemure assado com pepinos e tomates timídos! Tenho que sussurrar porque eles são traumatizados com os bastidores secretos do Timão, no Timor Leste,coitados,as burcas de lá estão fora de moda,uma desgraça só!!
Por isso que os horários pelo avesso desencontram os tilintares das musicas pinks com flores erguidas de cara para o sol,mas também com tantos relógios, ninfas,capitães,aviões e parafusos só poderia dar nessa sinfonia toda,só faz pena que o amanhecer de ontem deu um jeito para só nascer no amanhã do futuro e você já viu?
Rolos e rolos de filmes kodak e o flash fazendo drama, posso deixar um palpite?
Use suas botas amarelas aquelas com botões de lítio e ranhuras de titânio que combina na perfeição,eu não uso as minhas por uma questão de dinheiro mesmo... O dinheiro morreu e esqueceu de me convidar para o velório mas já acendi uma vela e espero o retorno de sua alma (a do dinheiro, é claro) para chegar em tempo para a promoção de 80% de desconto e parcelado no crediário em 12x sem juros.
Enquanto isso,se mastiga uma fatia de língua de sogra, minha parcimônia confusa de paladares agradece mas fica no chá chinês se houver.




Ps: Relendo e refazendo meu comentário do meu antes avatar deletado por mim (mania)