https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Lamentos

 
Tags:  tempo    saudades    lembranças  
 
Open in new window


Lamentos

Quanto sozinho eu me ponho a pensar
Relembro tudo o que ocorreu no passado
Sinto a incapacidade de não poder buscar
O que poderia fazer e foi desperdiçado

Afogo todas as minhas mágoas sentidas
Por todos amigos que a terra já destruiu
As mágoas pelas horas tão lindas vividas
Que o tempo sem piedade já consumiu

Só posso lastimar o que não foi feito
Do modo que ora me parece perfeito
Chorando o bem que não foi concebido

Isto faz me pagar as contas já pagas
Consolo-me, pois talvez noutras plagas
Recebamos o que nos foi prometido.

jmd/Maringá, 25.11.15


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
239
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.