https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

CONDUÇÃO DAS CINCO

 
Open in new window

Imagem do Google

CONDUÇÃO DAS CINCO

Lá vem uma van apressada
Um rapaz lá dentro gritou
Tem lugar para ir sentada
Entre, o ônibus já passou.

Entro nela e fico observando
Meus sentidos estão aguçados
Alguns passageiros me olhando
Uns em pé e outros sentados.

Às cinco o coletivo é lotado
Há uma diversidade de cheiro
Tem trabalhador pendurado
Viajando o percurso inteiro

Motorista, na próxima desce
Entrou mais um passageiro
Cobrador, vê se não esquece
Moço, é trocado seu dinheiro?


Ah, motorista o senhor passou
Com licença, preciso descer aqui
É um assalto, já era, você dançou
Tenho pressa, devagar, é bem ali.

Às cinco horas não há muito escolha
Está vindo uma van bem apressada
A gente parece que anda numa bolha
Reze para não pegar uma van lotada.

Lucineide


A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.





 
Autor
Lucineide
 
Texto
Data
Leituras
370
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/12/2015 10:40  Atualizado: 10/12/2015 10:40
 Re: CONDUÇÃO DAS CINCO
E é assim, dessa forma o transporte coletivo no brasil.

legal... gostei