https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A casa

 
Ao entrar nesta casa
Sinto o peso das memórias
De gerações vividas
Com suas histórias
Que chegam até mim.

Quantos ascendentes
Nasceram e tiveram
Seu fim
Dentro destas paredes
Imaculadas
De branco caiadas?

Sinto os primeiros
Sons de vida,
O eco de risos
Infantis,
Misturados com sombras
Contorcidas
De dores senis.

Sinto a alegria
Dos bons momentos
E sinto a tristeza
Das despedidas
Quando eu
Não era nada
Nessas horas vividas.

Aqui estão segredos
Bem guardados
Pelos seus anfitriões
Que me são revelados
Por sinais
Intuitivos
Fazendo-me respeitar
Tradições
Que nada mais são
Que simples rituais
De dias que se repetem
Sempre iguais
Através das eras.


Tenho na minha mão
A chave desta casa.
Mas o que eu sinto
No meu coração
É que sou eu
Que lhe pertenço.

Minhas origens,
Minhas raízes,
Início de mim
Sem princípio
Nem fim.

 
Autor
MariaSousa
 
Texto
Data
Leituras
1000
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
32 pontos
16
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 23/02/2008 21:23  Atualizado: 23/02/2008 21:23
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: A casa
Feliz do poeta que consegue transmitir ao seu leitor tanta emoção. Foi o que aconteceu comigo agora;lembrei-me da casa dos meus avós. Um beijo e obrigada por me proporcionar momentos de paz. Núria

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 23/02/2008 21:30  Atualizado: 23/02/2008 21:30
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14964
 Re: A casa p/ MariaSousa
Querida poetisa

Realmente a casa tem memória
assim como o coração
podem passar na história
mas fica sempre na memória
Adorei seu poema

Beijo no coração

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/02/2008 21:31  Atualizado: 23/02/2008 21:31
 Re: A casa
É... Espectadores, meros espectadores do tempo nós somos.
Parabéns.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/02/2008 21:34  Atualizado: 23/02/2008 21:34
 Re: A casa
Maria,

Teu poema revolve o passado da minha "casa" interna, que guarda as lembranças da infância na casa dos meus avós.Hoje, quando vou lá - e eles já partiram há muito - tudo é tão diferente, mas tão igual nas minhas recordações...Amei esse texto!

Bjins meus, Betha.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 23/02/2008 21:35  Atualizado: 23/02/2008 21:35
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: A casa
Lindas e belas recordações, faz-nos tambem relembrar a casa da nossa infancia, Maria

Muito bonito POETISA

Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 23/02/2008 22:29  Atualizado: 23/02/2008 22:29
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: A casa
A mim, Maria Sousa, só me resta felicita-la por este lindo poema e agradecer por me ter levado à minha infância, fico-lhe grato.

Beijinho, poetisa
A. da fonseca

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/02/2008 07:18  Atualizado: 24/02/2008 07:18
 Re: A casa P/MARIASOUSA
ADOREI ESSE SEU FORTE SENTIMENTO AO RECORADR A CASA QUE A VIU NASCER, ACASA DE SEUS AV]OS A CASA QUE LHE AFLORA OS SENTIMENTOS.
SEU POEMA MARAVILHOSAMENTE ESCRITO A DESCREVE DE UMA MANEIRA SUBTIL E BELA.
AINDA BEM AMIGA QUE ESSA CASA CONTINUA PRESENTE EM SIM.

UM ABRAÇO AMIGO

Open in new window

Enviado por Tópico
Carla Costeira
Publicado: 24/02/2008 12:50  Atualizado: 24/02/2008 12:50
Colaborador
Usuário desde: 16/02/2007
Localidade: Sintra
Mensagens: 918
 Re: A casa
Uma casa repleta de memórias. Muito bonito querida poetisa.

Beijinhos e bom domingo

Enviado por Tópico
juvepp
Publicado: 24/02/2008 15:32  Atualizado: 24/02/2008 15:33
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade: Machico - Madeira
Mensagens: 547
 Re: A casa
Olá Maria,
Pois Maria "a casa" é o princípio, meio e fim do que fomos, somos e seremos. Esta tua casa, em jeito de reflexão, evidencia um sujeito poético que não renegando as suas origens, nela encontra a explicação para o seu Ser, isto é, início de si, "sem princípio/nem fim", ou seja, que não se esgotando na casa, a tem em conta, na construção do seu Ser
Beijinhos. Gostei da reflexão.

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 24/02/2008 16:30  Atualizado: 24/02/2008 16:30
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: A casa
Maria
Deixei-me embalar nas tuas palavras e consegui criar na minha mente as imagens que este teu belíssimo poema me ofereceram.
Vi crianças a correr pela casa, a rirem de alegria...
Vi adultos compenetrados nos seus afazeres diários, nas suas responsabilidades que a vida lhes carregou em cima...
Vi velhos sentados, em frente da velha lareira da sala, aquecendo as suas mágoas e recordando as suas glórias passadas...
Vi tanta coisa, minha amiga, que estaria aqui a tarde toda a descrevê-las...

Beijo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/02/2008 17:41  Atualizado: 24/02/2008 17:41
 Re: A casa
A poesia com elevação, assim a escreves, assim no-la fazes sentir.

Enviado por Tópico
Ibernise
Publicado: 25/02/2008 04:16  Atualizado: 25/02/2008 04:16
Colaborador
Usuário desde: 04/10/2007
Localidade: Indiara(GO)
Mensagens: 1460
 Re: A casa
Muitas vezes nos sentimos artefatos antes inanimados, que ganham vida nas nossas fantasias, experiencias e rotas vividas.Este poema de tamanha profundade, nos alcança, e adentra nossa individualidade... Como precioso complemento a refleções e descobertas de nós mesmos. Parabéns! Excelente!Bj.
Ibernise

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 25/02/2008 21:53  Atualizado: 25/02/2008 21:54
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: A casa p/ Todos
Muito obrigada pelo vosso carinho.

Este poema é muito especial para mim e foi escrito com o "coração". Que bom saber que o sentiram...

Bjs

Enviado por Tópico
Frederico Rego Jr
Publicado: 26/02/2008 12:12  Atualizado: 26/02/2008 12:12
Da casa!
Usuário desde: 15/01/2008
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 392
 Re: A casa
O peso das memórias em determinados locais é tudo isso que vc diz, e muito bem . Gostei desta poesia sua . Abraços

Enviado por Tópico
Zélia Nicolodi
Publicado: 26/02/2008 13:21  Atualizado: 26/02/2008 13:21
Colaborador
Usuário desde: 18/01/2008
Localidade: Curitiba - PR.
Mensagens: 983
 Re: A casa
À medida que lia, senti a sua emoção...Também, quando entro em antigas moradias, transformadas em comercio ou clinicas...Devaneio, imaginando como foi a vida dos que aí viveram...
Que belo poema, Maria...Gostei demais!
Beijos de carinho...

Enviado por Tópico
Mel de Carvalho
Publicado: 01/03/2008 22:51  Atualizado: 01/03/2008 22:51
Colaborador
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa/Peniche
Mensagens: 1562
 Re: A casa (de Maria Sousa)
"Tenho na minha mão
A chave desta casa.
Mas o que eu sinto
No meu coração
É que sou eu
Que lhe pertenço."


Destaco este verso, Maria. O que de maior ele encerra, está dentro de cada um de nós. Tocou-me. As casas - boas, más, ricas, pobres -, contam a nossa história, os nossos afectos ... Têm um valor para além do mensurável.

Muito belo o teu poema,Maria. Obrigada

Um beijo
Mel