https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Acaso do Caso

 
Amei, maquiei, e no tempo te vestia
Na cor de um batom paixão
Oh! O amor. O amor pura poesia
Sintonia de desejos de dois corações

Igualdade na cor de cada manhã
pela cumplicidade dos risos
em percepção ao movimento da canção
quando você em mim era refrão


Desejos ingeridos pela nudez do cotidiano
devolve-nos ao início do que foi acaso
e o que será de nós dois
quando o dia amanhecer
e sem encontrar quem
escurece a manhã de outro alguém?


Murilo Celani Servo

 
Autor
murilocs
Autor
 
Texto
Data
Leituras
269
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 13/02/2016 12:30  Atualizado: 13/02/2016 12:30
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Acaso do Caso

Que lindo, poeta!
Parabéns!
Um beijinho!


*-*