https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poesia fina

 

excesso
e míngua
.
paixão
e língua
.
insídia
.
e
se a pele o permite
lúdico convite
ao orgasmo longo
atravessando o corpo
da Arte
-
desde a dor fina
de inspirar-te
até ao repouso dos olhos
depois da ler-te
...
Poesia.



Teresa Teixeira


 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
392
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 01/04/2016 14:54  Atualizado: 01/04/2016 14:54
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2809
 Re: Poesia fina
Vixi...


Enviado por Tópico
Joanad'Arc
Publicado: 02/04/2016 16:41  Atualizado: 02/04/2016 16:41
Da casa!
Usuário desde: 29/03/2010
Localidade: Lisboa
Mensagens: 255
 Re: Poesia fina
Dissesse por mim,
tudo que pensasse
que o verso ruim
se não reclamasse
fosse o desenlace
de tudo... e, por fim,
dissesse,
com voz de menina:
«poesia fina»
está bonita, sim.