https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sobre tua outra alma e as descrenças dos agnósticos

 

Finges, não em vão pretendes evidenciar promessas idas.
Sequer tens a firme intenção de deixar tua outra alma,
porém, coloco-me ao par da descrença dos agnósticos,
quando finges que sais na iminência de um outro partir.
A outra tua vida gera tenebrosos prognósticos,
essa alma, sempre será prenúncio de malfadada hora,
já as teve sinalizadas e tanto anunciadas outrora.


 
Autor
Phalaenopsis
 
Texto
Data
Leituras
328
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
0
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.