https://www.poetris.com/
Poemas : 

O Vate E O Cisne

 
O Vate, quando ele sente
O mundo que lhe perturba,
Aperta o pé no presente
Se afasta, triste, da turba.

Se o Cisne a ida pressente
De forma vil, prematura,
Então chora e se ressente
Em canto sem partitura.

Aquele que a cena assiste
Acena com lenço triste
Essa triste despedida.

O Vate, seu Cisne e a Sorte:
O Cisne cantando a morte.
O Vate co(a)ntando a vida.



 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
167
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
41 pontos
13
6
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ana_She
Publicado: 16/07/2017 19:07  Atualizado: 16/07/2017 19:07
Super Participativo
Usuário desde: 15/04/2017
Localidade:
Mensagens: 147
 Re: O Vate E O Cisne
Um cisne enfeitiçado pelo vate. Belíssima poesia, Gyl!

Abraço fraterno


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 16/07/2017 20:33  Atualizado: 16/07/2017 20:33
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1221
 Re: O Vate E O Cisne
Estranha vocação, a premonição. Sina pura e maldição.
Isolado. Pudera. Com o olhar que tudo vê, tudo verá, ainda professa professias. Professor professa.
O cisne no canto sem lago, o que adivinha?
Elegia demorada a tua.
Outros uivarão ao luar. Extremunhados.
Geralmente o lobo uiva da caverna...

Abraço irmão de letras.


Enviado por Tópico
Nininha
Publicado: 16/07/2017 20:56  Atualizado: 16/07/2017 20:56
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2016
Localidade:
Mensagens: 1536
 Re: O Vate E O Cisne P/ Gyl
Olá meu amigo;

Fizeste-me lembrar a história de Leda e o Cisne...
Gostei muito de ler e saborear as tuas letras. Sempre um "pitéu" de borla

Beijos mil querido Gyl


Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 16/07/2017 21:03  Atualizado: 16/07/2017 21:03
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8065
 Re: O Vate E O Cisne
já li umas vinte vezes, e está tão bem, tão bem, a história, a forma, a sucessão das palavras, os sons, uma música triste e bela. Parabéns pelo talento e pelo saber


Enviado por Tópico
Manito
Publicado: 16/07/2017 23:23  Atualizado: 16/07/2017 23:23
Muito Participativo
Usuário desde: 29/01/2011
Localidade:
Mensagens: 66
 Re: O Vate E O Cisne
Um soneto bem concebido, com rimas e ritmo perfeitos, leve e agradável de ler


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 17/07/2017 12:41  Atualizado: 17/07/2017 12:47
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 7590
 Re: O Vate E O Cisne/ PARA GYL
Vate é o poeta que pressente, que intui, que se inspira, que enxerga o que mortal algum imagina que exista.
Vate é o que penetra no reino das palavras, cisnes alvos de poesia, entra em comunhão com eles e os transforma em sonetos, tais como esse, doado aos simples mortais que bebem do licor mais fino da poesia ...

Vate é tu, Gyl, que a cada publicação, provoca espanto e admiração dessa aqui que te lê, e se deleita!

Mil parabéns!
Beijos de paixão de fã e amiga!

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 18/07/2017 12:25  Atualizado: 18/07/2017 12:25
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 26070
 Re: O Vate E O Cisne
Uma verdadeira brandura, que se clausura das verdadeira essências

Enviado por Tópico
silva.d.c
Publicado: 19/07/2017 00:22  Atualizado: 19/07/2017 00:22
Da casa!
Usuário desde: 26/10/2010
Localidade:
Mensagens: 405
 Re: O Vate E O Cisne
acho que já foi dito, mas gostei muito deste teu poema Gyl, pela sonoridade, pelo encadeamento melódico das palavras e das frases...foi bem conseguido...abraços