https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Chuva

 
Chove em mim, querida chuva.
Lava a minha pobre alma, me
Salve de minha própria ilusão.
Saiba que meu coração, querida
Chuva, já se cansou de se cansar.
Chove assim, minha doce chuva,
Leve embora as minhas esperanças.
Chove por mim e leva todas as lembranças,
O que sou é a soma do que restou.
Mas embora eu não mereça que chova,
Farei o possível para dar tudo certo.
Meu mundo incerto vai embora com
Todo esse temporal na minha vida.
Então chuva, minha amiga, queria
Tanto que agora já fosse inverno.
Se um dia eu pudesse saber teu mal,
Poderia nos livrar deste inferno.
Chuva, minha heroína, afunda
Todos os sentimentos não sentidos.
Mas chuva, não me deixe tão só,
Do jeito que ela me deixou...
Eu ainda estou no lugar aonde
Tudo acabou.


Rafael Carneiro


 
Autor
Rafaelcarma
 
Texto
Data
Leituras
374
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
cido
Publicado: 15/09/2017 00:59  Atualizado: 15/09/2017 00:59
Super Participativo
Usuário desde: 29/07/2009
Localidade: cidade de Cerqueira Cesar
Mensagens: 184
 Re: Chuva
Muito bom...conflito de emoções sentimentos que caminha entre um labirinto ilusório a esperança é uma batalha ganha...embora tudo caminhe por corredores estreitos com saídas variadas haverá sempre a verdade por traz de cada porta...


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 25/09/2017 18:28  Atualizado: 25/09/2017 18:28
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: Chuva
Venha chuva molhar os sentimentos que chora uma insana dor onde o insano faz dentro do coração uma cicatriz