https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Jornada da Libertação

 
Tags:  amor    Libertação  
 
Jornada da Libertação


Ninguém é ruim
No fundo do coração
Às vezes sofre muito
Outras, leva encontrão.
Todos querem oportunidade
Ser olhado com atenção
O rico, o pobre, o de idade
Eles sentem até solidão!

Amar não é caro
A caridade também não,
Dinheiro é vil metal
Emprestar seu tempo
Não te atrapalha, não!

O Ruim nunca foi assim
O rancor da vida
Destruiu seu coração
Uma palavra amiga,
Às vezes o leva à reconstrução.

A amizade é sublime
Amigo é como irmão
De fato pouca gente atinge
Esse nível de satisfação
Mas não percamos a esperança
Assim como o ruim
Era bom desde criança,
O amor, a fé é a sua paz...
Que ao amar o bom e o ruim
Livra muita gente
Da malfadada maldição
De ser violento e ruim
Atrapalhando sua libertação.



Marcelo de Oliveira Souza,iwa



Marcelo de Oliveira Souza,IwA
Dr. Honoris Causa em Literatura
site: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net - Concurso Literário
blog: http://marceloescritor2.blogspot.com
Instagram: @marceloescritor

 
Autor
marcelooso
 
Texto
Data
Leituras
242
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
3
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Rafaelcarma
Publicado: 19/09/2017 00:47  Atualizado: 19/09/2017 00:47
Da casa!
Usuário desde: 24/07/2017
Localidade: Brasil, Santa Catarina, Navegantes
Mensagens: 242
 Re: Jornada da Libertação
Cara, estou quase sem palavras.
Poucos poemas conseguem, de certa forma, criar um vínculo forte com o leitor, mas o teu poema fez isso de uma forma forte e natural. Me encontrei em tuas palatras. Continue assim!!