https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Alfa, Princípio

 
Profundo amor,
Doce feito mel,
Que riscou um arco no céu
Marcando uma aliança, como anel

Grande arquiteto,
O matemático infinito
Criou céus, terra e mar
Soprou nos pulmões da vida o ar

Toda beleza, arte do criador,
Que insensíveis não podem compreender,
E orgulhosos não querem se submeter,
Mas que os enganados não conseguem ver

Mão amiga, galardoador
Que até o nosso tempo criou
Pra que a vida ganhasse vida
E a morte, iludida, fosse vencida

 
Autor
neon
Autor
 
Texto
Data
Leituras
216
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.