https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

a ética dos corvos

 
Saudade da humana idade

das tardes de pipas e pássaros e das
algazarra das praças.

dos tempos de baixos telhados alaranjados
cobertos pela opulencia das sombras das árvores

do cheiro do café
desinibido adentrando nas janelas todo tempo abertas e indiscretas.

saudade do tempo de corvos rapinando carnes mortas... porque hoje a vida é descarnada andando e apodrece antes da morte.

da humana
idade, ai que dor
de saudade.


beirando um mar infinito

 
Autor
MyrellaCasav
 
Texto
Data
Leituras
212
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 25/03/2018 20:20  Atualizado: 25/03/2018 20:20
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2750
 Re: a ética dos corvos
☘ Saudade da humana idade
das tardes de pipas e pássaros e das
algazarra das praças.
bjs poetisa MyrellaCasav