https://www.poetris.com/
Sonetos : 

PAZ DE CEMITÉRIO

 
Tags:  SONETOS 2018  
 
PAZ DE CEMITÉRIO

Cruzes plantadas pelo campo santo
Nos silenciam sobre aqueles mortos.
Marcam indiferentes aos absortos,
Que vêm lhes visitar com ou sem pranto.

Nomes foram inscritos, entretanto,
Em madeiros pendendo meio tortos...
E em jazigos de pedra, com confortos,
Os ricos encontraram seu recanto!

Nenhum d'eles reclama do que tem,
Ao contrário dos vivos que, revoltos,
Cedo ou tarde vêm dar aqui também.

Igualmente, os estúpidos e os doutos,
-- Mortos e quietos como mais convém --
Dormem ora na Paz dos Céus envoltos.

Betim - 06 11 2018


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
37
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.