https://www.poetris.com/
Poemas : 

DEMAIS

 
Gosto da água morna colhida da tua boca.
Gosto dos teus seios, qual obra prima
moldada às mãos.
Gosto do teu jeito e dos teus gestos,
quando me chamas a ti.
Gosto dos contornos do teu corpo,
porque elevados à perfeição maior.
Gosto da tua fonte
a verter para o amor ímpar e ardente.
Gosto de entrar em ti, porque me sei aprisionado
no mais profundo que o amor e o desejo procuram.
Gosto de ti, demais,
porque és mulher no esplendor do saber,
do sabor, do dar e do fazer sentir...

 
Autor
jluis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
95
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 07/11/2018 16:53  Atualizado: 07/11/2018 16:53
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15701
 Re: DEMAIS
Poeta
Gostei demais do que li!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Lis
Publicado: 07/11/2018 20:57  Atualizado: 08/11/2018 14:08
Participativo
Usuário desde: 25/10/2018
Localidade:
Mensagens: 14
 Re: DEMAIS
Ouvindo uma belíssima música e lendo seu poema, deixei cair uma lágrima, tímida e involuntária não, não por dor, meu amor mas por contentamento, motivação, prazer por saber que iria haver cumplicidade de parte a parte...“isso sim é que é bom, poder ser feliz, se entregar sem medo e com toda a capacidade que há no momento lindo de amar!


Adorei... Ler!
Beijo.