https://www.poetris.com/
Sonetos : 

FILHAS DE LESBOS

 
Tags:  SONETOS 1996  
 
FILHAS DE LESBOS

Já aos lábios as lésbias se amam. Elas
Se abraçam sobre a relva junto a fonte.
— Serão ninfas que agora tenho à fronte
Ou não mais que delírios baldos? — Belas

E ávidas em trocar carícias... Vê-las
É ter que talvez à Hélade remonte
O amor mais delicado que se conte
Entre duas pessoas juntas! D'elas

Acercam-se cupidos a ver: Duas
Raparigas co'as linfas transparentes
D'expostos e excitados sexos!... Nuas,

Ao gozo têm espasmos tão frementes
Que as pupilas às órbitas vão... Suas
Mãos se apertam mais... Forte!... E caem ausentes.

Belo Horizonte -16 05 1996


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
39
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.