https://www.poetris.com/
 
Contos : 

Círculo de Deuses- capítulo - 1 Os Deuses

 
Tags:  paz    guerra    calma    desassossego    SOSSEGO    batalha  
 
Círculo de deuses divinamente composto
Cada um com seu império e poder especial
Círculo de "feras" , meros diabos sem rosto
Criaturas das trevas , seres fora do normal

Mayan bellator deus do império do universo
É sempre um deus omnipresente
Por vezes um ser com um poder preverso
Por vezes fera de sangue fervente

Persia fararó deus do império do mundo desértico
Tece ferozmente as malhas do tempo
Poder por vezes um pouco profético
Em outras usa-as como passatempo

Domine sanguis deus da guerra e das tempestades
Domina a natureza e os elementos
Na sua teia de batalha varre tudo sem dificuldades
Ferocidade apurada com todos os condimentos

Vinum Dominus deus da paz e da alegria
Reino de paz e caminhos embiusados
Reino por vezes de fantasia
Paz e humor poderes usados

Debulosumque Fumum deus do nevoeiro
Rege seu império com calmidão e paciência
Seu poder, eficaz e certeiro
Tiros de canhão com frequência

Rex rapinam deus paciente e sorrateiro
Está sempre á espera do momento oportuno
Usa parte de seu poder não o usa inteiro
Do deus da guerra foi ele aluno

Celeritate infernum deus louco descomandado
Tão irresponsável como uma criança
Circula em sua carruagem por todo o imperiado
Lança seu poder até onde a vista alcança

Tempos de epopeia eles magicam
Enquanto dos diabos sem rosto não se notou sua presença
Nas linhas dos tempos eles frabricam
Com as linhas do tempo lançam sua sentença




Mesmo sendo eu um vagabundo...
por um belo sorriso vou até ao fim do mundo!

Eduardo Fontes©

 
Autor
EduardoFontes
 
Texto
Data
Leituras
283
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.