https://www.poetris.com/
Poemas -> Droga : 

Vou fumando o cigarro da saudade

 


Para mais agravar a minha dor
que maltrata que só um enfisema
a bronquite na fase mais extrema
e o derrame que causa o estupor
acendi um Marlboro sem pudor
desejando fumar sem pensar nela
Mas sem ter acabado a cartela
eu percebo já com perplexidade...
Vou fumando o cigarro da saudade
e a fumaça escrevendo o nome dela

Sem jamais esquecer que a nicotina
que eu trago dá câncer na laringe,
na bexiga, nos rins e na faringe,
a trombose, aneurisma e angina,
que também o tabaco contamina
com doença fatal ou com seqüela,
sem falar que existe erisipela
ou infarto maior em gravidade...
Vou fumando o cigarro da saudade
e a fumaça escrevendo o nome dela

Tudo aquilo que é chamado vício
sempre traz a promessa do prazer
Mas o vício aumenta sem trazer
pra saúde sequer um benefício
Quando o gozo se torna um suplício
numa grossa corrente se revela
e na dor punitiva que flagela
o seu corpo sem dó nem piedade
Vou fumando o cigarro da saudade
e a fumaça escrevendo o nome dela

É o corpo que sofre com cigarro
com a hérnia, gangrena e rinite,
catarata, halitose ou gastrite
por efeito do fumo e do sarro
Alternando soluço com pigarro
toda hora passando na goela
eu não quero pensar que é mazela
mas respiro já com dificuldade
Vou fumando o cigarro da saudade
e a fumaça escrevendo o nome dela



 
Autor
CarlosAle
Autor
 
Texto
Data
Leituras
193
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
3
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 14/06/2019 15:56  Atualizado: 14/06/2019 15:56
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2015
 Re: Vou fumando o cigarro da saudade