Poemas : 

rito de escrever...

 
há tristeza no olhar
quando se despede lentamente a vida
e nessa despedida
a saudade se dispõe a regressar
a criar a ilusão de mais um falso dia
de alegria
depois surgem os silêncios obscuros
e os olhos entornam de ansiedade
pensamentos gastos e quebrados
a saudade e,
de novo momentos duros.

há então o rito de escrever
poemas que vão mais longe que o silêncio
afadigados, mas que não servem para nada
nos lábios, ainda há vida por arder
ainda há a palavra, embora agastada

já a força é escassa
a loucura de recordar fracassa,
aumentam os medos e os anos
são outonos nublados, e bolorenta
a solidão dos desenganos

natalia nuno


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
635
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
32 pontos
10
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 13/04/2024 01:20  Atualizado: 13/04/2024 01:20
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18165
 Re: rito
Minha professora de artes, sempre me dizia: ‘pinte com raiva, mas pinte’. Gosto imenso da sua caneta, além de ti. Bjs


Enviado por Tópico
agniceu
Publicado: 15/04/2024 06:18  Atualizado: 15/04/2024 06:18
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2010
Localidade:
Mensagens: 587
 Re: rito de escrever...
gostei muito , como sempre !

Apesar deste despregar entristecido, há que levantar a cabeça e destapar o sorriso!

Obrigado gentil poetisa por seres um exemplo.

Um abraço


Enviado por Tópico
Yan_Booss
Publicado: 15/04/2024 14:58  Atualizado: 15/04/2024 14:58
Da casa!
Usuário desde: 26/08/2011
Localidade: Brasil-BR (Itinerante)
Mensagens: 498
 Re: rito de escrever...
"..o rito de escrever
poemas que vão mais longe que o silêncio"

um verso lindo para guarnecer o poema em toda sua existência;

Yan


Enviado por Tópico
Aline Lima
Publicado: 16/04/2024 19:44  Atualizado: 16/04/2024 19:44
Usuário desde: 02/04/2012
Localidade: Brasília- Brasil
Mensagens: 619
 Re: rito de escrever... p/ Rosafogo
Querida Natalia,

A forma como você explora os temas da morte, da saudade, da perda, da velhice e da escrita me emocionou profundamente.
Sua linguagem carregada de emoção, transmite com a dor e a fragilidade do ser humano diante da finitude da vida. As metáforas como "outonos nublados" e "bolorenta solidão dos desenganos" são de uma beleza pungente, criando imagens que permanecem na mente.
A cada verso, pude sentir a intensidade da saudade que aperta o coração, a melancolia dos dias que se vão e a frustração de saber que nada pode apagar certas dores. Mas, ao mesmo tempo, senti também a força da escrita como alívio para a alma, um refúgio onde os sentimentos podem ser expressos e a dor transformada em arte.
Agradeço pela partilha.
Beijos.
Aline.